quinta-feira, 19 de abril de 2007

Dalton Trevisan, missão impossível


Curitiba tem um personagem que encarna vários mitos da cidade. O Dalton Trevisan é o escritor mais prestigioso de Curitiba, e por conseqüência, reconhecido no Brasil. Mas, contrario ao intelectual normal, seu Dalton não dá entrevistas nem tem contato algum com a mídia. Considerado o "vampiro" de Curitiba, sua atitude é criticada por muitas pessoas.

Só uma questão anedótica: o escritor foi um dos que qualificou aos curitibanos como "curitibocas". Tantos anos de silêncio podem constatar que não está muito longe das características típicas da gente daqui.

A gente quer ter uma entrevista com Dalton Trevisam. Mesmo ele ser fechado, mesmo que o mundo inteiro diz que é impossível, a gente está intentando. Hoje, pela terceira vez, fomos a sua casa. Não conseguimos falar com ele mas deixamos duas notas (escritas em um belo portunhol). Uma na casa e outra com um vendedor ambulante instalado na frente.

Na argentina tenho um livro bem útil e que uso em casos de desespero. Cada página do livro tem uma frase. Você faz uma pergunta, abre onde quiser e aí tem sua resposta. Gostaria de ter ele aqui e ler "La insistencia dará sus frutos". Aí talvez encontraria uma razão para acreditar que o vampiro curitibano vai aceitar nossa proposta.

Um comentário:

Serenauta disse...

"O Dalton Trevisan é o escritor mais prestigioso de Curitiba, e por conseqüência, reconhecido no Brasil."
Assim vcs não vão mesmo entrevistar o DT. O contista curitibaco é reconhecido no BR, não por conseqüência de ser o mais prestigioso de Curitiba, mas por ser um renovador na literatura de língua portuguesa. DT é lido em mais de 50 países; traduzido em dezenas de línguas - muito mais, portanto, do que ser apenas "prestigioso em Curitiba" e "reconhecido no Brasil". Vocs estão com as vistas embaçadas. Informem-se melhor.