sábado, 28 de julho de 2007

Afinal, este blog trata do que?

Recebi uma pergunta na minha caixa de e-mail que mudou meu dia: "Como vai aquele projeto do Curitibocas sobre uma reportagem com personalidades de Curitiba?". Iria dedicar meu dia aos afazeres do emprego que me obrigaram ficar este final-de-semana de plantão. Como não caiu avião, nem morreu político importante, dediquei-me junto com a Cecilia a resolver esta questão. Regra de ouro: se um leitor -e neste caso não era nenhum paraquedista vindo do Google- não entendeu, a culpa é toda de quem escreveu.

Tenho que dar a mão a palmatória. A co-autora deste LIVRO me dizia desde o começo para colocar um link permanente que explicasse o projeto. Teimei. Pensava que com o cabeçalho bastava.

Acontece que o cabeçalho estava fraco e acima de uma figura. Regra básica de legibilidade, texto sempre separado de imagem. A atenção do leitor fica dividida entre um e outro. Como não conseguimos ainda solucionar a pleno a questão do cabeçalho, coloquei um bold (aka negrito) para melhorar.

Também dei uma enxugada no texto.

Outra ação é o link explicativo acima dos posts. Este texto será constantemente mudado de acordo com as atualizações esmiuçadas nas postagens regulares do blog.

Moral da história: se você tem um assunto complexo e quer que os outros entendam, seja didático. Nunca se sabe quando alguém novo vai se interessar e tentar entender qual a moral da coisa.
*****
Essas minhas dicas de blog são meio nas coxas. Tem o seu valor, mas tenho pouca experiência no assunto. Para quem quer algo mais específico, sugiro deve conferir o novo blog do Alessandro Martins -blogueiro já bem experimentado-, o Queroterumblog.com.

2 comentários:

daisy carvalho disse...

É, parece que peguei o "bonde andando", ficarei mais atenta ao que se passa co Curitibocas...:)
:*
Bom domingooo!

Alessandro Martins disse...

Já favoritei este artigo João, pois ele inspirou-me a publicar um outro sobre a necessidade uma página no estilo "sobre este blog" ou "quem sou eu" e afins. E o melhor modo de fazer isso. Abraços e obrigado pela citação ao meu mais novo empreendimento :-)

Abraços!