sábado, 30 de junho de 2007

Frustração

Confesso que se soubesse que passaria por esta angústia, nem teria começado o livro. Em nossa quixotesca missão, nos baseamos no seguinte silogismo:
- Editoras querem vender.
- Editoras lançam muito lixo que acaba encalhando.
- Curitibocas tem uma proposta comercial de razoável para boa.
- Logo, Curitibocas será muito bem aceito.

Como o leitor que acompanha este blog já sabe, nosso raciocínio esbarra na alegada crise financeira de todas as editoras - que eu faço uma livre tradução para falta de coragem e ousadia. Isso que no começo pensávamos "ah, mas se a editora X e Y entrarem na jogada, vai ser difícil escolher". Nem X, nem Y. Ou melhor, entram se tiverem garantias que não perderão dinheiro. Capitalismo não é vocação deste país-colônia.

Perdão pelo tom pessimista destes últimos posts - pouco a ver com o clima deste sítio. Me desculpe, leitor. Não dá para segurar.

Um comentário:

Father disse...

Olá, tenho acompanhado há tempos o blog de vcs, sou curitibano e estava (estou) ansioso pra ler esse livro...
Sei o quanto é dificil de se publicar um livro nessa terra. Mas acho q as dificuldades infelizmente sempre fazem parte de qq projeto... Não me sinto com autoridade de dar conselhos, mas talvez haja alguma lei de incentivo, tipo lei rouanet ou alguma da prefeitura mesmo, da qual vcs possam se beneficiar... mas enfim, não desistam.